Linha Editorial


A relação entre Estado e Poder Econômico é de longa data, passando por diversas fases. Recentemente novos ventos liberalizantes abraçaram o mundo e chegaram ao Brasil na década de 90, provocando alterações em nossa Constituição e reordenando o papel do Estado. Esse fato resultou em um afastamento direto da atividade estatal de alguns setores, em especial, aquele relativo à atividade produtiva, trazendo a tona o desafio do estado gerencial.

Considerando que o Direito Administrativo surge com a própria organização do Estado e no decorrer do tempo sofre diversas transformações, influenciadas principalmente por questões econômicas e políticas, a Revista Diálogos surge com a proposta de discutir esse ramo do direito, para que ele venha a dialogar com outros. A finalidade precípua da revista é de compor ideias, conclusões e proposições que possam contribuir para a implementação de politicas públicas, sistemas de controle e enquadramento da eficácia e eficiência administrativa.

O Direito Administrativo não pode ficar adstrito à discussões nucleares, como uma matéria de conceitos fechados e restritivos. A proposta principal é ampliar os horizontes das discussões, buscando através da interdisciplinariedade, uma atuação crítica e prática, para em ultima instancia alcançar a transformação da nossa realidade.


Diante dessa breve exposição, a Revista Diálogos define suas linhas editoriais conforme segue:


Direito Administrativo Contemporâneo

A importância do estudo do Direito Administrativo perpassa todos os campos do direito e demais ciências humanas, buscando principalmente sua transformação e adequação na sua relação com a sociedade. Portanto, é nessa linha editorial que o pesquisador poderá explorar o Direito Administrativo e sua relação com demais ciências humanas, como por exemplo economia, administração, e áreas afins, bem como em relação a todas as vertentes do direito, como o direito urbanístico, ambiental, sanitário, concorrencial e demais áreas.


História do Direito Administrativo

Para entender as transformações do Direito Administrativo, é imperativo que se busque respostas na história. Essa linha editorial visa abrir o leque para que o pesquisador possa explorar o Direito Administrativo e suas transformações sob o enfoque histórico, se utilizando dos fatos, dados e fontes historiográficas.


Direito Administrativo Comparado

O Direito Administrativo se transforma não somente no decorrer do tempo, mas também por sofrer a influencia de outros sistemas administrativos, a exemplo do norte-americano, alemão ou francês. A presente linha editorial busca dar espaço para os estudos comparados dos diversos sistemas administrativos existentes no mundo e sua relação com o o sistema brasileiro.